Destaque

Como Recuperar Mensagens Apagadas do Whatsapp

como recuperar mensagem apagada whatsapp

O whatsapp se tornou um grande aliado nos dias atuais, e é um dos aplicativos mais usados no mundo todo. Servindo para conectar pessoas por meio de mensagens, vídeos e fotos. Entretanto às vezes apagamos documentos e coisas importantes, então esse artigo irá te mostrar como recuperar mensagens apagadas do whatsapp.

Se por algum acaso você se sentiu vigiado por terem clonado seu whatsapp e apagou sem querer uma mensagem importante de trabalho, ou até mesmo de amigos sabe bem como é estressante recupera-las. Há um aplicativo que promete recuperar as mensagens apagadas, o gerenciador de arquivos ou clean file manager.

Passo a passo de: Como Recuperar Mensagens Apagadas do Whatsapp

Esse aplicativo recupera as mensagens já deletadas, porém para que isso ocorra o whatsapp deve ser desinstalado. Portanto faça os backups diários antes de desinstalar o aplicativo, para não perder as conversas mais recentes.

Desinstale o Whatsapp

Depois de fazer os backups, o primeiro passo é desentalar o aplicativo. Aliás se a sua mensagem foi apagada em um período de 24 horas, não será necessário utilizar o gerenciador de arquivos. Basta que você reinstale o aplicativo de mensagens, que as conversas serão restauradas.

Aparecerá na tela uma mensagem perguntando se você deseja restaurar as mensagens, basta clicar em recuperar. Porém, se essa conversa foi apagada há mais tempo, o gerenciador deverá ser utilizado.

Baixe o gerenciador de arquivos

O também conhecido como Clean file manager é um software que acessa as pastas de dados do seu celular android. Aliás, o aplicativo também possui uma versão que pode ser usada em computadores que é o Web PC Suite.

Ao desinstalar o Whatsapp e instalar o gerenciado de arquivo você deverá acessar o local de armazenamento de dados do seu celular. Ademais, abra o aplicativo e selecione memoria do sistema ou interna.

Procure a pasta com nome whatsapp, e logo depois selecione o “Database”, que nada mais é que a base de dados aonde ficam armazenadas as mensagens enviadas e recebidas do aplicativo.

Renomeie os arquivos

Os arquivos presentes na base de dados correspondem às conversas do aplicativo. Contudo, para que seja possível restaurar os arquivos, seus nomes devem ser alterados. Cada arquivo possui uma data e dependendo do modo como esta registrado determina se é um arquivo deletado ou não.

Ao alterar o nome do arquivo, o whatsapp o reconhecerá como novo e não como um arquivo deletado. Portanto na hora de instalar o aplicativo novamente, essas conversa já apagadas surgiram na restauração.

Porém, para restauração os arquivos devem possuir data do dia ou sem datas na base de dados. Para que consiga recuperar os seus arquivos é sugerido que renomeie o documentos para o dia em que estiver fazendo essa recuperação.

Arquivos mais antigos devem ter os numero que identificam as datas dos arquivos apagadas. Sendo assim o Whatsapp reconhecerá essas conversas que foi editada como a mais recente. E que na hora da instalação aparecerá na opção de restauração.

Baixe novamente o Whatsapp

O aplicativo de mensagens deve ser reinstalado e você devera selecionar a opção de recuperação de mensagens. O aplicativo reconhecerá as mensagens alteradas como recentes e elas estarão disponíveis novamente no aplicativo.

Caberá agora a você gerenciar suas mensagens e tomar cuidado na hora de apagar novas mensagens.

Conclusão – Como Recuperar Mensagens Apagadas do Whatsapp

Como vimos é simples recuperar suas conversas já deletadas do aplicativo de mensagens. Basta desinstalar o whatsapp e baixar o gerenciador de arquivos, renomeando os arquivos e atualizando suas datas.

Aliás, é valido lembrar que conversas apagadas no período de 24 horas, podem ser facilmente restauradas apenas desinstalando e instalando o whatsapp novamente.

Ainda tem alguma dúvida sobre este assunto? Deixe seu comentário para que possamos esclarecê-la!

Simular cartão de crédito: Simule seu limite e taxas de cartão de crédito

Com um cartão de crédito, são diversas oportunidades que surgem, como, por exemplo, o adiantamento ou parcelamento do pagamento de uma compra em momentos que você não tem dinheiro para pagar à vista na aquisição de algo que deseja. Além disso, existem os desejados programas de recompensa, que muitas operadoras oferecem a seus clientes, onde ao juntar pontos, você consegue trocar por passagens aéreas. Esses são os principais motivos que as pessoas desejam tanto ter um cartão de crédito.

Enxergando isso, é que atualmente, existem diversas empresas que oferecem o serviço de cartão de crédito para seus clientes. Foram criados cartões para o atendimento das mais diversas necessidades. Existem cartões de bancos, financeiras, lojas de departamentos, supermercados, lojas de materiais de construção e até mesmo, cartões de créditos oferecidos por aplicativos de celulares.

É muita oferta disponível no mercado e dessa forma, é muito difícil escolher alguma delas ao contratar um cartão de crédito, e, além disso, garantir que você fez a melhor escolha. Por isso Simular cartão de crédito é essencial para você fazer a contratação certa.

3 formas de Simular cartão de crédito

Existem diversas formas de Simular cartão de crédito disponíveis, porém, separamos as 3 melhores para que você simule seu limite e taxas de cartão de crédito. Veja abaixo quais são elas:

  1. Sites de bancos: Os bancos disponibilizam em seus sites uma forma fácil Simular cartão de crédito, lá você insere algumas informações para traçar seu perfil e pronto, aparecerá todos os cartões disponíveis para você;
  2. Blogs financeiros: Existem diversos blogs financeiros que ao Simular cartão de crédito, você consegue comparar as opções de diversas instituições financeiras diferentes;
  3. Aplicativos para smartphones: Hoje em dia, existem alguns aplicativos de bancos online que oferecem a opção de Simular cartão de crédito, assim, você consegue ver de forma rápida e fácil quais são as condições deles.

Conta corrente: Como escolher a melhor opção para você

A conta corrente é um serviço oferecido pelos bancos que garante o recebimento e depósito de dinheiro de uma forma rápida e segura.

Ela é muito indicada para a pessoa que precisa fazer movimentações em dinheiro através do banco, como pagamento de contas, transferências para outras pessoas, até receber por depósito e sacar em espécie.

Embora ela seja muito utilizada, ainda ainda gera muitas dúvidas nos brasileiros. Esse tipo de conta é aliada do consumidor, mas é necessário que se escolha muito bem antes de se optar por uma.

Neste artigo vamos dar dicas de como escolher a melhor opção de conta corrente para você. Acompanhe!

Conta corrente: confira as taxas e tarifas

A conta corrente é um serviço que muitas vezes possui tarifas e taxas para ser utilizado. O que irá determinar se uma conta corrente terá essas cobranças é a cesta de serviços.

A cesta de serviços são o serviços oferecidos e funcionalidades oferecidos pela instituição bancária em cada categoria.

Podemos citar serviços como os saques, transferências e até acesso ao extrato mensal. Quanto mais serviços e maior quantidade, mais cara acaba sendo a cesta de serviços.

Por esse motivo é fundamental ter consciência de sua movimentação bancária mensal, pois é possível escolher a conta corrente que seja mais barata ou até gratuita, mas que atenda suas necessidades.

Conta corrente: reputação do banco

Um dos pontos para se analisar ao abrir uma conta corrente é a reputação do banco.

Em uma rápida pesquisa na internet é possível verificar depoimentos de clientes de como o banco se comporta no atendimento e resolução de problemas.

Escolher um banco que respeite seu cliente, que solucione as divergências e que não pratique taxas e tarifas abusivas é altamente aconselhável para quem deseja ter uma conta corrente saudável.

Você gostou das nossas dicas de como escolher a melhor opção de conta corrente?

Seguro viagem: tipos de coberturas, inclusões opcionais e as exclusões mais comuns

O seguro viagem prevê situações e possibilita que você as previna, por isso existem vários seguros diferentes e diversas instituições que o fornecem.

Para cada necessidade, existe um contrato que cobre as suas despesas em viagens e te dá a oportunidade de se sentir mais tranquilo indo para o destino escolhido.

Por isso, quando você entra em uma instituição para escolher uma assistência 24 horas e seguro viagem, te mostram os mais variados tipos de cobertura, as coberturas opcionais e outros.

Mas neste conteúdo vamos falar também sobre o as exclusões mais comuns em um contrato de seguro viagem. Vem com a gente!

13 tipos de cobertura de um seguro viagem

Você conhece os tipos de cobertura dos seguros viagens? Muita gente acaba não conhecendo os mais comuns e perdem grandes oportunidades.

Existem muitos riscos que são considerados comuns e são cobertos por plano, como em casos de:

  1. Enfermidades, óbitos e traumas corporais.
  2. Atendimento médicos emergenciais e odontológicos podem ser de acordo com o limite máximo da cobertura do plano e a ocorrência também.
  3. Valores de viagens, taxas pré-pagas.
  4. Interrupções de passeio.
  5. Cancelamento de passeios.
  6. Óbitos ou enfermidades graves de familiares.
  7. Serviços processuais jurídicos.
  8. Quarentena obrigatória estabelecido pelo país estrangeiro.
  9. Proibição de viagem devido à restrição governamental para o destino da viagem.
  10. Convocação, por ser membro de organização de defesa pública do seu país de origem.
  11. Avisos oficiais públicos contra viajar ou ficar no destino escolhido.
  12. Ser testemunha jurídica.
  13. Demissão empregatício, no caso de você não saber antes da reserva, entre outros.

Você sabia que existem 5 coberturas opcionais?

O seguro viagem é para que você possa passear de forma tranquila e na hora que surgir uma emergência o plano facilitará para você não ter dor de cabeça com gastos extras e perca o tempo que teria para se divertir.

Como viu no tópico anterior, existem diversos tipos de planos para seguro viagem e você pode adicionar algumas coberturas que não estão dentro do plano contratado originalmente, se for o caso.

Porém, é necessário que todos estejam descritos nas cláusulas do contrato em que assinou do seguro viagem com a instituição escolhida.

As coberturas adicionais do seguro viagem disponibilizadas pela instituição possuem custos adicionais também, que varia de acordo com cada provedor.

Algumas coberturas opcionais geralmente são adquiridas para situações específicas, como:

  • Para pessoas com condições de saúde pré-existentes como diabetes, asmas etc.
  • Jogos esportivos de risco como mergulho, esqui, entre outros.
  • Países de grande risco que estão em guerra ou terrorismo.
  • Doenças pré-existentes com começo agudo.
  • Falimento de empresas fornecedoras como companhia aéreas, hotéis e outros.

As 5 exclusões mais comuns em seguro viagem

Você sabe quais são as exclusões mais comuns do seguro viagem? Pois é, também existe isso! Geralmente elas são:

  1. Passeio com o objetivo de fazer um tratamento médico ou até mesmo para ter bebê;
  2. Cirurgia;
  3. Viagens para locais de guerra;
  4. Enfermidades causadas por bebida alcoólica, drogas, atitudes criminosas, traumas, imprudência;
  5. Atos de terrorismo.

Todas as condições do viajante, como doenças ou condições pré-existentes, por exemplo, devem ser confessas antes do primeiro dia de viagem, porém isso varia de acordo com a seguradora.

Se a seguradora de viagem exigir a declaração de condições e o viajante ignorar essas exigências, poderá ter a cobertura negada.

E aí, já entendeu tudo sobre o assunto? Então compartilhe esse artigo com outro amigo que vai viajar e não conhece ainda o seguro viagem.

Contratar seguro automóvel: 4 dicas na hora de contratar

Posso contratar seguro automóvel em qualquer lugar? Há diferença de cobertura nos seguros para carros? Se você ainda não fez essas perguntas, é porque já tem seguro auto e sabe bem como funciona.

Preços, vantagens e coberturas – eis a tríade que importa para muita gente na hora de contratar seguro automóvel. Mas não é só isso não. Saber que a seguradora está cadastrada na SUSEP (Superintendência de Seguros Privados) é fator primordial na escolha do seu seguro auto.

Para você que ainda vai escolher um seguro para carros, acompanhe este artigo com as 4 dicas para realizar a sua contratação.

1. Verifique se o seguro automóvel está credenciado ao SUSEP

Como mencionado neste artigo, toda corretora ou seguradora de veículos precisa ter cadastro ativo no SUSEP. O Órgão é responsável por regulamentar todas as empresas de seguros automóveis no país.

Sem o credenciamento, não há certeza de que essa seguradora vai cumprir a lei e pagar indenização em caso de sinistro.

2. Cote online seu seguro automóvel

Cada seguradora pode oferecer vantagens a preços competitivos. Por isso, vale a pena fazer uma cotação online em diversos sites do ramo antes de contratar seguro automóvel.

Assim, você escolhe o que melhor combina com o seu perfil de usuário e o que cabe em seu bolso sem sair de casa.

3. Escolha o seguro de acordo com as suas necessidades

Já sabemos que cada seguro auto possui suas vantagens e preços variados. Porém, você sabe o que realmente precisa ao contratar seguro automóvel?

Dependendo da região onde você mora ou a maneira como você transita com o seu carro, pode ser necessário incluir um guincho com quilometragem maior, carro reserva, troca de vidros ou chaveiro.

4. Diga a verdade no ato da contratação

Para reduzir o valor da apólice, tem gente que mente sobre as informações do veículo – como, por exemplo, dizer que só usa o carro em determinado trecho ou que só sai com ele à noite.

Dados incorretos levam a inviabilização do pagamento da cobertura quando houver sinistro. A empresa investiga para saber o horário e em que circunstância ocorreu o incidente.

Portanto, na hora de contratar seguro automóvel não deixe de seguir essas 4 dicas. Você pode conseguir um bom preço ao cotar online e ter muitas vantagens de acordo com o seu perfil de segurado.

Quanto custa um seguro automóvel para Corolla?

Comprou seu Corolla e gostaria de fazer um seguro dele? Ou já possui um e percebeu que é superimportante proteger o seu patrimônio? Afinal, carro é um bem móvel e está sempre sob riscos. Vamos entender como é calculado o valor de um seguro automóvel Corolla?

Perfil: eis como se calcula o valor de um seguro.

Então, tratando-se de seguros não há uma tabela definida de preços. Tudo é uma questão de perfil do usuário. É o que as seguradoras avaliam. Uma série de itens é avaliada e, a partir disso, é estipulado um valor a ser cobrado de você pelo serviço de proteger o seu patrimônio. Também é importante o que você quer contratar: um seguro completo (furto, roubo, colisão e incêndio), parcial (só alguns sinistros selecionados) ou só contra terceiros. Assim, entre suas características pessoais e aquilo que você quer contratar, claro, considerando modelo e ano do seu veículo, surge o preço do seguro para você.

Quais os principais itens na avaliação de perfil?

São vários fatores analisados na hora de avaliar o risco de proteger o seu patrimônio. Podemos citar os principais. Primeiro, você: idade, endereço de residência, se há dependentes que também dirigem o veículo, se trabalha com ele, condições de garagem, tempo de CNH (Carteira Nacional de Habilitação), entre outros. Depois, o veículo: ano e modelo. É que tendo em vista a versão do automóvel, além do seu valor patrimonial é observado também o quanto ele é visado em furtos e roubos. E isso impacta diretamente no cálculo do risco da apólice de seguro.

Dicas para melhorar a cotação de seguro.

Você pode melhorar o valor de um seguro se ficar atento em aprimorar algumas características vistas acima, como: instalar mais itens de segurança no veículo, garantir uma garagem segura, evitar dependentes jovens, entre outros detalhes. Enfim, o seguro do seu Corolla envolve vários fatores. Faça cotações e avalie as diferentes possibilidades de proteger o seu Corolla.

 

Contratar seguro automóvel: 2 Dicas na hora de contratar

Na hora de contratar o seguro automóvel, você precisa estar atento aos detalhes contratuais que indicam o que o seu contrato lhe oferece em termos de proteção, reembolso e segurança, para que suas viagens sejam amparadas em caso de sinistros ou outros eventos inesperados que possam acontecer nos trajetos que você faz na sua rotina. Para lhe ajudar a contratar um seguro automóvel, que melhor se ajuste às suas necessidades, separamos algumas dicas. Confira!

A primeira informação que você necessita saber claramente é que contratar seguro automóvel não é como comprar o carro ou qualquer outro produto disponível no mercado. Contratar seguro automóvel exige uma detalhada cotação de preços entre seguradoras, porque há variação de uma para outra. Essa variável para contratar seguro automóvel, ocorre porque estão incluídos no valor do seguro outros valores adicionais como franquia, o valor do automóvel, a agência seguradora que você escolhe e a cobertura do seu seguro.

A SUSEP (Superintendência de Seguros Privados) é a responsável pela regulamentação dos serviços de seguro oferecidos no mercado. Por isso, é importante verificar, antes da contratação, quais as seguradoras que estão autorizadas pela SUSEP a operar legalmente. Você pode começar a sua pesquisa pela internet, buscando sites de seguradoras mais conhecidas para colher informações relevantes sobre a prestação do serviço. Contratar seguro automóvel implica paciência e cautela para buscar a proposta mais vantajosa para você.

Na hora de escolher a cobertura para contratar seguro automóvel, fique atento aos riscos que o contrato protege e veja se essas condições são adequadas para o seu estilo de vida. Existe a opção de ampliar a cobertura e a franquia do seguro automóvel para garantir uma proteção extra, inclusive para perda total de veículos em caso de sinistros graves. O ideal é que você procure pessoalmente o seu corretor de seguros e tire todas as suas dúvidas antes de contratar seguro automóvel. Este investimento é essencial para a sua segurança.

Net tv: Conheça net tv e suas vantagens

A NET é uma das gigantes empresas de telecomunicação do Brasil. Ela é conhecida em todo o território de nosso país pela excelência do serviço prestado. A NET não decepciona seus clientes com a entrega dos serviços prometidos. Por isso ela está há tantos anos no mercado brasileiro e hoje de forma consolidada.

Um dos motivos que os serviços da NET são de extrema qualidade é por causa do seu investimento em novas tecnologias, assim, seus clientes sempre estão utilizando serviços de primeira linha. Além disso, a NET investe em melhoria de todos os serviços prestados de forma contínua.

Net Tv

O primeiro serviço oferecido pela net foi o de televisão a cabo, que hoje é chamado de Net Tv. Quando iniciou os serviços no Brasil, ela entrou no mercado de tv por assinatura para concorrer com gigantes internacionais. A Net Tv se consolidou no mercado brasileiro graças aos canais de qualidade oferecidos e preços acessíveis praticados. A empresa foi pioneira no mercado em nosso país, e o investimento para que a tecnologia evoluísse foi muito grande.

Net tv e suas vantagens

Net Tv via cabeamento

A maioria das operadoras concorrentes da Net Tv oferecem serviços de Tv a cabo via antenas parabólicas. Essa tecnologia faz com que em dias de chuva ou com condições climáticas não muito boas, a sua programação saia fora do ar. Além disso, você precisa ter um espaço físico para abrigar a antena e se sua casa o prédio não possuir uma infraestrutura adequada, o cabeamento vem pela fachada.

Os serviços da Net Tv são transmitidos via cabeamento, esses cabos vêm junto com os cabos de telefonia, energia elétrica. A chance de você ficar com a tv fora do ar são minúsculas.

Variedades nos pacotes

Os pacotes da Net Tv são muito variáveis e atendem as suas necessidades, você pode escolher quais mais se encaixa ao que você precisa. O pacote máximo chega a ter mais de 200 canais.

O que é consórcio e duas formas de simular

Simular consórcio é a melhor prática para obter o bem que você tanto sonha, com um preço e formas de pagamento que cabem no seu bolso. Isso porque, através dessa modalidade é possível conhecer brevemente as condições que cada instituição oferece.

Continue lendo este post para obter mais informações sobre o que é o consórcio e as duas formas tradicionais de simular consórcio.

O que é e como simular consórcio?

Antes de saber como simular consórcio, é preciso entender o que é essa modalidade de crédito.

Nessa modalidade, pessoas físicas e jurídicas são agrupadas por concessionárias autorizadas e fiscalizadas pelo Banco Central. Isso para que elas formem uma poupança ou comprem imóveis e outros bens.

No consórcio, o valor é dividido por um prazo determinado. Assim, todos os integrantes de um grupo contribuem igualmente.

A contemplação se dá por meio de sorteio ou lance. Isso ocorre até que todos os integrantes sejam atendidos.

Conheça dois métodos para simular consórcio?

De modo geral, existem dois métodos principais para simular consórcio. Confira abaixo mais informações sobre cada um deles:

Visite a financeira para simular consórcio

Esse é o modo mais tradicional de simular um consórcio. Você pode se dirigir a uma instituição financeira, como bancos e fazer uma simulação.

Se o bem que você deseja adquirir é um automóvel, então é mais recomendado que se dirija a uma concessionária automotiva, independente da marca ou modelo que você sonha em dirigir.

Simular consórcio online

Sendo mais cômodo e eficiente, essa é a maneira mais recomendada. Busque por financeiras e bancos de renome para realizar o passo a passo: entre no site da instituição e preencha o formulário solicitado por ela.

Para fazer isso é preciso ter em mente qual o tipo de bem que deseja adquirir e qual o valor das parcelas mensais que você pode pagar.

Empréstimos para aposentados: Entenda como funciona o empréstimo para aposentados

Um dos momentos mais esperado na vida dos trabalhadores é a aposentadoria. São anos de contribuição para a previdência e tudo isso com um único objetivo, passar anos com um descanso remunerado em recompensa de tantos anos trabalhados. Porém, na maioria das vezes, o valor do benefício não é equivalente ao salário que o aposentado recebia quando trabalhava. Dessa forma, o padrão de vida mantido até então precisa ser mudado.

É a partir daí que as dívidas começam a surgir. Afinal, não é fácil mudar um padrão de vida. E mesmo diminuindo os gastos, muitos imprevistos podem acontecer, geralmente na área da saúde, por causa da idade avançada. Ou até mesmo a realização de um sonho antigo podem motivar ao idoso de pensar em solicitar um empréstimo. Pensando nisso, que a maioria das instituições financeiras oferecem Empréstimos para aposentados.

Confira abaixo as perguntas e respostas das principais dúvidas dos aposentados com essa modalidade de empréstimo.

Como são feitos os pagamentos das parcelas dos empréstimos para aposentados?

O valor das parcelas será debitado todo mês da conta onde o benefício do INSS cai. O pagamento é feito dessa forma, pois, assim as financeiras não correm risco de inadimplência.

Qual o valor das taxas de juros?

Pelo pagamento ser feito descontado direto no benefício, o risco das instituições financeiras é quase zero. Por isso, as taxas de juros cobradas são muito menores que as praticadas no mercado. Os valores das taxas de juros são em média de 2% ao mês.

Qual é o valor liberado nos empréstimos para aposentados?

O valor que será liberado nos empréstimos para aposentados depende de dois fatores:

Valor do benefício do aposentado: a lei determina que o comprometimento do benefício para pagamento de parcelas de empréstimos para aposentados não ultrapasse 30% da mesma;

Idade do aposentado: se a pessoa tiver mais de 80 anos, o valor liberado não poderá ser maior que 30 mil reais.

Pequisa sobre o que mais irrita passageiros

Afinal, o que mais irrita os passageiros em uma viagem?

o que mais irrita passageiros em uma viagem

À medida que as companhias aéreas aumentam o número de lugares nos seus aviões e os tornam mais pequenos, o potencial para os passageiros sentirem que o seu espaço pessoal está sendo invadido aumentou.

Voar é estressante por natureza, e depois de lidar com longas filas de segurança, comida cara, ou uma área de espera cheia, os passageiros podem ser colocados no limite e tornar-se mais propensos a exibir ou notar um comportamento desrespeitoso.

passageiro irritado em viagem

Se você já esteve em férias, provavelmente já teve algum tipo de comportamento irritante ao viajar. A pesquisa coletou respostas de 18.229 pessoas em 23 países. Embora as respostas apontassem para uma ampla gama de comportamentos irritantes, um tema comum parecia ser a preferência por uma interação mínima com outros passageiros. Os entrevistados disseram que estavam irritados com cheiros, ruídos, contatos e conversas indesejadas, indicando que o que os viajantes mais querem é espaço pessoal e pouco relacionamento interpessoal nos ares.

Esses elementos irritantes, se agravam quando o passageiro passou por problemas aéreos, como overbooking, voo cancelado, atrasado ou extravio de bagagem.

 

Aqui estão os cinco primeiros, juntamente com a porcentagem de entrevistados que os citaram!

 

  1. Insensível ao áudio – 29%

 

  1. Violadores de Espaço Pessoal – 34%.

 

  1. O pai desatento – 39%.

 

  1. O Passageiro “cheiroso” – 43%.

 

  1. O assento (cinto, reclinar, etc) – 51%.

 

E você, o que mais te irrita em viagens de avião?